Ecoviagem – o que é turismo sustentável – a nova tendência de 2022

Ecoviagem

Como fazer uma ecoviagem para o benefício do planeta e das pessoas

Ecoviagem – Certamente, o turismo consciente se tornou uma das novas tendências de 2022. O chamado Turismo responsável significa fazer dos destinos turísticos lugares e espaços melhores para se viver e se visitar – nesta ordem.” 

E não importa o lugar: o assunto viagens sustentáveis é um tema tão importante que passa por hospedagens estreladas em alguns dos destinos mais visitados do mundo como Bali, na Indonésia, até lugares no interior do Brasil, como por exemplo algum dos Hotéis Fazenda em Santa Catarina. 

Como medir o valor que trazemos como turistas quando se trata de impacto na sociedade e no meio ambiente?

Como aprender a viajar conscientemente para manter um equilíbrio de benefícios e malefícios para os locais turísticos ? Você já pensou sobre isso? 

Decerto, todos esses questionamentos são extremamente importantes para reduzir o lixo no planeta, diminuir a poluição e todo o impacto negativo que um turismo de massa proporciona. 

Viver em cabanas de bambu com painéis solares

Sem dúvida, a pedra fundamental do turismo sustentável é pesar as compensações nas viagens e encontrar um bom equilíbrio entre o que enriquece a vida ou melhora o meio ambiente para as pessoas e o planeta e o que os viajantes deixam para trás negativamente.

Em uma ecoviagem, certamente, hospedar-se em uma pequena cabana de bambu independente, movida a energia solar, que não usa concreto, emprega apenas a população local e trabalha em harmonia com a natureza é um exemplo de turismo sustentável. Pois a energia solar é uma das energias mais limpas que existem, você sabia disso? 

Mas, por outro lado,  a forma de chegar a este destino remoto de avião utilizando combustíveis fósseis já distorce e muito o quadro do “conto de fadas sutentável”, pois no turismo sustentável é necessário ter e levar em conta simplesmente todos os componentes. Não adianta apenas uma parte da viagem ser sustentável. É importante pensar no todo, isso sim é uma ecoviagem. 

Muitos ativistas climáticos que estão nas redes sociais divulgando informações sobre esse assunto dirão que, para quem se preocupa com o meio ambiente, até a ideia de voar num avião causa bastante  impacto. 

O turismo sustentável pode variar um pouco em conceitos, desde o que parece à primeira vista ou nas redes sociais, até formas mais convincentes e firmes: que são apoio real à proteção da vida selvagem ou reflorestamento do local; atividades que possuem pouco ou nenhum impacto sobre os recursos naturais e combustíveis fósseis e uma das coisas mais importantes: deixar a maioria do dinheiro nos bolsos das comunidades locais ao invés de mandar o dinheiro todo para o exterior. Este é o melhor ecoturismo que podemos praticar, não é mesmo? 

Quatro maneiras interessantes de viajar praticando bem o ecoturismo: veja por onde começar

1. Aderir totalmente aos princípios do turismo ecológico

Esse artigo fornece de maneira didática recomendações sobre como os viajantes e turistas podem aprender a refletir e trazer benefícios para a natureza e para todos os moradores locais, na prática da ecoviagem. Por exemplo:

  • Apoio ativo à conservação e valorização da biodiversidade através de hospedagens em lodges ou reservas naturais, sempre analisando o impacto que a hospedagem causa.

Então todas as despesas e os pagamentos feitos na viagem devem ser compensados para proteger a vida selvagem do local, e assim sua viagem de férias terá grande impacto positivo. Aí não se esqueça de  sempre divulgar bastante nas suas redes sociais, para todos aprenderem um pouco e claro, se inspirar (afinal uma das finalidades das redes sociais é essa);

Isso é especialmente verdadeiro em regiões que ficaram sem visitas e financiamento devido à pandemia, o que levou à uma crítica redução de programas de caridade de lugares sensíveis, como por exemplo a África e a Amazônia.

2. Aventuras de viagem e divulgações com o intuito das comunidades ganharem apoio financeiro

Antes de mais nada, os viajantes devem reservar hotéis e pousadas sempre com moradores locais que são os guardiões da cultura dos povos indígenas.

O turismo chamado de base comunitária pode mudar suas vidas. Pois a escolha sempre deve ser dada a favor de hotéis de propriedade independente. Ademais, isso ajudará muito todas as partes interessadas a apoiar financeiramente o turismo sustentável.

3. Tempo mínimo voando de avião 

Planejar os roteiros com o menor tempo possível no avião é uma marca consagrada do ecoturismo.

Lembre-se que se você precisa de aviação para levá-lo do ponto A ao ponto B, considere que isso causa um rastro de carbono por onde você vai, e por isso invista em compensações para pelo menos ajudar na captura de carbono em outros lugares”. 

Procure se informar mais sobre os danos à atmosfera causados ​​pelas aeronaves; e dessa forma, opte pelo bilhete de trem em vez de avião. 

4. Responsabilize as empresas

Se os sinais de “verde” e “sustentabilidade” pudessem ser usados ​​apenas com referência a ações que fazem mais bem do que mal, eles seriam quase invisíveis.

Precisamos negociar onde responsabilizamos as empresas. Alguns hotéis estão oferecendo passeios ecológicos para mostrar como estão ficando mais verdes e mais sustentáveis. Isso mostra que a boa hospitalidade pode ser recompensadora.

Conclusão sobre a ecoviagem: aprenda sempre sobre os critérios para um turismo mais sustentável

Qualquer tipo de turismo – ecoturismo ou viagens de negócios ou férias tradicionais em família – pode ser sustentável. Para isso, a jornada deve atender a determinados critérios que apoiam o desenvolvimento sustentável.

A organização oficial Global Sustainable Tourism Council, que foi criada com o apoio da ONU, é responsável pelos padrões de desenvolvimento sustentável. No site da organização, você pode analisar uma lista de critérios pelos quais você pode determinar se um projeto turístico é sustentável.

  • Gestão sustentável;
  • Consequências socioeconómicas;
  • Influência cultural;
  • Impacto ambiental (incluindo consumo de recursos, redução da poluição e conservação da biodiversidade e paisagens).
  • diminuição de produção de plástico

Os critérios são usados ​​para treinamento e conscientização, desenvolvimento de políticas para empresas e agências governamentais e como base para certificação, diz a página da organização.

Por fim, esperamos que você tenha aprendido um pouco mais sobre viagens sustentáveis e ecoturismo. Você já pratica essa modalidade de turismo? Deixe-nos saber sobre isso. 

Para mais dicas de viagem e turismo acesse Elizabeth Werneck 

Leia também:

 

Reply